Os nossos novos Produtos se apresentam como Soluções inéditas, inovadoras, adequadas e portanto superiores, porque...

“Loucura é querer resultados diferentes, fazendo tudo exatamente igual!”

A inovação e a adequação estão presentes...

No aprendizado autônomo pela programação cognitiva

Com know-how e conceitos próprios, inéditos, adequados e superiores, estruturados em conceitos evoluídos para o estado da arte em programação cognitiva, como única forma eficaz na criação de Sistemas Inteligentes que realmente consigam, mediante aprendizado e operação autônomos e portanto, sem a necessidade constante de supervisão pelos Gestores, suplantarem todas as restrições inerentes aos processos e às operações das Indústrias de Produção Sob Encomenda.

Nas técnicas de Deep Learning, Redes Neurais e Blockchain

Deep Learning (aprendizado profundo) é um conceito tecnológico e um ramo da inteligência artificial inspirado no funcionamento do cérebro humano. Nele, redes neurais artificiais elevam e analisam grandes conjuntos de dados para descobrir automaticamente padrões subjacentes (que não se manifestam), visando eliminar restrições e criar fluxos e processos “otimalizados” (o melhor ótimo possível), sem a constante necessidade da intervenção humana, tudo isto realizado em processamentos seguros, eficazes e integrados, assessorados pelo conceito blockchain e todas as suas vantagens!

Através do conceito “Deep learning”, os nossos sistemas tem bases de dados para estruturar, absorver e parametrizar todo o conhecimento humano necessário, e através de seus códigos com inteligência cognitiva, aprenderem e estruturarem novos dados – de formas autônomas e automáticas -, elevando e analisando as muitas restrições que surgem naturalmente nos instáveis processos e informações das Indústrias de Produção Sob Encomenda, suplantando-as através da criação autônoma de caminhos e atividades otimizantes, minimizando os prazos, os custos e maximizando a qualidade, nas melhores condições possíveis.

Eles podem também, através destas tecnologias e competências e com base na análise precisa de tendências e comportamento históricos estruturados, construir recomendações robustas para sugerir informações e formas de relacionamento mais apropriados e otimizados aos Fornecedores e Clientes da Indústria usuária, elevando ao máximo, a competitividade e sua sustentabilidade da mesma, enquanto negócio!

No "Big Data"

O conceito de “Big data” não deve ter seu entendimento somente baseado na tradução literal dos termos, ou seja, “grandes dados”, mas também no alinhamento dos três “V”, quais sejam:

Volume: que está relacionado à grande quantidade de dados registrados nas fases de cadastros e durante os processamentos, no aprendizado autônomo e cognitivo, de novos dados de origem interna e externa à Indústria usuária

Velocidade: pois a cada segundo muitos dados novos serão processados nas formas acima, e necessitarão velocidade, mesmo se estiverem sendo processados em computadores e redes mais simples, e...

Variedade: mediante parametrizações já cadastradas e novos dados obtidos, saber distinguir, analisar e manter os dados que realmente agreguem valor ao Negócio

Na automação na atividade de Controle da evolução das informações nos processos - ISA / 95

Todo planejamento necessita ter a sua evolução controlada e registrada, para que possíveis desalinhamentos sejam corrigidos em tempo e os objetivos traçados sejam cumpridos com eficácia e otimização, sabendo-se que um grande fator de produtividade é que esta coleta de informações da evolução seja efetuada no melhor tempo real possível, e com integridade. Assim, os nossos Sistemas tem interfaces para coletarem informações através de ferramentas de coleta de dados, atualizando estas informações e acompanhando assim toda a evolução dos processos, sem interrupção e com integridade e segurança. Estas ferramentas poderão ser implantados sob vários níveis de automação e formas (que determinarão o seu nível de autonomia), a depender das possibilidades e das estratégias do Cliente, e suas interfaces estão sendo normatizadas pela ANSI / ISA-95.

Na operação "in site" e / ou "in cloud", com acesso remoto, com responsividade e segurança digital

Os nossos Sistemas podem operar em situações que mais se adequem à Indústria usuária, podendo ser em infraestruturas já existentes na mesma (através de servidor e rede próprios - in site), e/ou ainda, através de servidores “in cloud”. Também poderão ser acessados de forma remota e em tempo real, através de smart phones, tablets e microcomputadores, com plena responsividade, garantindo assim a eficácia nos seus processamentos internos e externos e a integridade dos dados recebidos, processados e entregues – de forma rápida – também à sua cadeia de parceiros, com total segurança de integridade de dados e contra invasões externas, em acordo com a normatização da ISA-99.

Na abrangência

É global, orientado a um mercado alvo enorme, carente e inexplorado. Com a solução do problema do Segmento da Produção Sob Encomenda que estaremos viabilizando, estaremos também maximizando a competitividade e a sustentabilidade em toda a cadeia produtiva global.

Na simplicidade da competência

Pois temos construido as primeiras soluções realmente adequadas, para operarem nos complicados e instáveis processos e relacionamentos das Indústrias de Produção Sob Encomenda. Para isto, nossos Produtos estão - necessariamente - sendo construídos com infraestruturas para aprenderem com os Profissionais envolvidos, pensarem e decidirem como eles, mas com importantes diferenciais: com o mais alto desempenho e escalabilidade possíveis, de formas holística e bem mais rápida!

No know how próprio e na especialização, está a plena adequação promovida através das nossas tecnologias disruptivas

Na implantação das inovações descritas acima, está a única forma de se elevar e suplantar as inúmeras restrições que sempre ocorrem nos ambientes das Indústrias de Produção Sob Encomenda. Por elas e pelo nosso know how próprio e disruptivo em relação aos conceitos do estado da arte atual, os nossos produtos são os primeiros Sistemas do mundo que estão sendo construídos com plena adequação aos processos, recursos, ambientes e relacionamentos das Indústrias deste importante segmento, sendo eles portanto, os únicos especialistas neste tipo de Indústria, tendo total aderência à sua operação!

E na mudança do cenário

Porque a revolução da “Indústria 4.0” que tem ocorrido somente nas grandes corporações Industriais globais de Produção Seriada, tem provocado também, uma evolução acentuada da criação da TI mundial orientada a estas Indústrias...

No entanto, na contramão desta evolução, o estado da arte da TI na cadeia de indústrias fornecedoras da Produção Seriada – as que operam por Demanda e Produção Sob Encomenda – tem se mantido, de forma perene, precário e ineficiente, estando no mesmo nível de automação e de resultados do século passado, impondo a estas Indústrias um grave e perene problema - a sua baixa produtividade -, causada pela impossibilidade de operarem com gestão eficaz, projetando um cenário que em mais alguns anos, o estado da arte da sua TI dificulte mais ainda as condições de seu relacionamento de duas vias com as Indústrias de Produção Seriada, suas Clientes!

O Projeto MR-Premium vem então, interromper esta trajetória de queda e elevar o estado da arte da TI das Indústrias de Produção Sob Encomenda a um patamar equivalente ao da Indústria 4.0 da Produção Seriada, evoluindo os relacionamentos e a sustentabilidade dos mesmos!